Proprietáruios terão que recuperar área degradada (Foto: Assessoria)

Polícia Militar Ambiental (PMA) multou na quarta-feira (08/06), uma empresa mineradora em R$ 3 mil por funcionamento ilegal, numa propriedade rural de Tacuru. Infrator responderá pelo crime ambiental e poderá pegar até três anos de detenção.

Oficiais da PMA realizavam uma fiscalização em zona rurais do município quando flagraram em uma fazenda a retirada de areia por dragas instaladas ilegalmente. Estes canos levavam o material retirado até um depósito às margens do rio, atrapalhando o curso do riacho.

Máquinas e os equipamentos foram apreendidos e as atividades da fazenda interditadas. Responsáveis responderão por crime ambiental por funcionar atividade poluidora sem licença ambiental, e ainda receberão uma autuação da PMA, para apresentar, junto ao órgão ambiental, a recuperação da área.