Os 7.088 eleitores de Tacuru vão às urnas neste domingo, 4 de junho, para a escolha do novo prefeito eleito do município .

Segundo resolução do TRE/MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) a votação terá início às 8h da manhã, com encerramento às 17h.

O resultado da eleição deverá ser anunciado pouco tempo após o fechamento das urnas. De acordo com a resolução do Tribunal Regional Eleitoral o juiz eleitoral terá até do dia 24 de junho, ou seja, vinte dias após as eleições, para diplomar o prefeito e vice-prefeito (a) eleitos.

No caso de Tacuru a posse dos eleitos na eleição suplementar deverá ocorrer logo em seguida à diplomação.

Duas coligações disputam a eleição suplementar desse domingo em Tacuru. A coligação “Unidos por Tacuru” que tem como candidato a prefeito o ex-vereador Carlos Pelegrino, o “Carlinhos Pelegrino” (PMDB) e como candidato a médico o veterinário e vereador no município, Marcelo Carlos Gargantini Marques, o “Dr. Marcelo”, também do PMDB e a coligação “A Verdadeira Mudança é Agora”, que tem como candidato a prefeito o atual prefeito interino do município, Paulo Sergio Lopes Mello, o “Paulo Mello” (PP) e como candidata a vice a vereadora Daiana Neris de Souza Pedrotti, a “Daiana Pedrotti”, do PTdoB.

Porque eleição suplementar?

De acordo com o TRE/MS, o novo pleito eleitoral, denominado “eleição suplementar” ocorrerá porque a chapa mais votada nas eleições municipais de 2016 teve o registro negado pela Justiça Eleitoral.

Claudio Rocha Barcelos e Adailton de Oliveira, candidatos a prefeito e vice, respectivamente na ocasião, obtiveram o maior número de votos em outubro do ano passado (2.737 votos). Todavia, a chapa concorreu com o pedido de registro de candidatura indeferido com recurso e os votos recebidos foram totalizados como nulos.

Como no ato da posse dos novos eleitos nas eleições de 2016, em 1 de janeiro de 2017, o resultado da eleição de 2016 ainda estava sub-judice em Tacuru, quem assumiu o cargo de prefeito interino foi o vereador eleito presidente da Câmara Municipal na ocasião, o hoje candidato a prefeito Paulo Melo, do Partido Progressista. Mesmo disputando a eleição ele permanece exercendo o cargo.

Em Tacuru são 22 seções divididas em 2 locais de votação

Em Tacuru são 22 seções eleitorais divididos em 2 locais de votação, a Escola Estadual Cleto de Moraes Costa e na Escola Municipal Cecília Honda Perecin.

Veja onde está sua seção:

SEÇÃO Nº

LOCAL

APTOS

61

EE CLETO DE MORAES COSTA

265

62

EE CLETO DE MORAES COSTA

317

63

EE CLETO DE MORAES COSTA

321

64

EE CLETO DE MORAES COSTA

321

65

EE CLETO DE MORAES COSTA

319

66

EE CLETO DE MORAES COSTA

315

67

EE CLETO DE MORAES COSTA

321

68

EE CLETO DE MORAES COSTA

319

69

EE CLETO DE MORAES COSTA

323

70

EE CLETO DE MORAES COSTA

319

71

EE CLETO DE MORAES COSTA

315

78

EE CLETO DE MORAES COSTA

314

80

EE CLETO DE MORAES COSTA

312

81

EM CECILIA M. HONDA PERECIM

307

82

EM CECILIA M. HONDA PERECIM

380

83

EM CECILIA M. HONDA PERECIM

377

85

EM CECILIA M. HONDA PERECIM

377

88

EM CECILIA M. HONDA PERECIM

379

90

EM CECILIA M. HONDA PERECIM

373

93

EM CECILIA M. HONDA PERECIM

374

95

EM CECILIA M. HONDA PERECIM

356

99

EM CECILIA M. HONDA PERECIM

 84