Uma equipe do SIG (Setor de Investigação Geral) da Delegacia de Polícia Civil local desvendou, nessa segunda-feira, 2 de março, o furto de um barco com carreta ocorrido em uma propriedade rural do município no final do ano passado e indicou três pessoas por furto e formação de quadrilha, em Amambai.

O furto do barco de alumínio de seis metros e da carreta no qual estava acoplado ocorreu em novembro de 2014 na Fazenda Araguaia.

De acordo com o SIG, durante o trabalho de investigação os policiais chegaram a duas pessoas envolvidas no ato delituoso, Ademir de Lima, de 40 anos e Reginaldo Marques de Souza, de 37 anos, ambas moradoras em Amambai e recuperou o barco com a carreta, que estava em uma propriedade rural na fronteira entre Brasil e Paraguai.

De acordo com a Polícia Civil, um terceiro envolvido no caso, um mecânico conhecido por “Natal”, também morador em Amambai, não foi encontrado, mas também vai responder pelo mesmo crime que os dois indiciados nessa segunda.

Segundo o SIG, as investigações apuraram que Ademir, Reginaldo e Natal teriam ido pescar na propriedade rural e como não havia ninguém na sede da fazenda, ao retornarem da pescaria eles teriam aproveitado para se apoderar do barco.

De acordo com a polícia como não estavam em situação de flagrante, Ademir e Reginaldo foram ouvidos e liberados para responder ao processo em liberdade, mesma medida que será aplicada a Natal quando ele for localizado.

Fonte: A Gazeta News