Nesta sexta- feira (9), o Cotidiano falou sobre o Setembro Amarelo. Esse mês é de prevenção ao suicídio.  Sobre o assunto, o programa convidou o coordenador do Centro de Valorização da Vida (CVV) de Brasília, Gilson Moura de Aguiar, que está em Fortaleza, participando de um encontro nacional do CVV.

Ele disse que o trabalho do CVV de apoio emocional e prevenção ao sucídio, funciona como uma vacina, um pronto socorro.

“A pessoa se sente incomodada, se sente em uma situação difícil e aí liga para o CVV e  tem todo aquele apoio e acolhimento. É um trabalho de prevenção, de aconselhamento, sem julgamento, onde o outro se sente bem à vontade em compartilhar com o voluntário, aquilo que naquele momento está incomodando”, define Aguiar.

O Centro de Valorização da Vida funciona 24 horas, todos os dias do ano, no telefone 144. Acesso também o site que tem o slogan “Falar é a Melhor Solução”.