A Polícia Rodoviária Federal de Mato Grosso do Sul flagrou um sistema rústico de espionagem na rodovia federal BR-163, que dá acesso à Capital e outros Estados.

No alto de uma árvore, a PRF encontrou uma rede armada no meio da copa de um pé de manga, de onde o olheiro tinha uma visão privilegiada do Posto da PRF, que fica a cerca de 500 metros dali.

No alto da árvore, uma rede bem amarrada, com cobertura de lona amarela para proteger o espião da chuva e vento. Dentro da rede, a polícia apreendeu energéticos que os sujeitos utilizavam para se manter acordados e embalagens de salgadinhos.

A PRF disse ao jornal Douradosagora, que os olheiros que se revezavam dia e noite, utilizaram binóculos de longo alcance, rádio e telefones celulares para avisar os comparsas sobre a movimentação no posto policial e a rota das viaturas.

A polícia vasculha toda região, em alerta geral, para desarticular a ação das quadrilhas envolvidas no contrabando e tráfico de drogas, armas e veículos roubados que em geral são levados para o Paraguai que faz fronteira seca com a cidade sul-mato-grossense de Ponta Porã.

Conforme noticiado pelo jornal Douradosagora, ontem mesmo, a PRF apreendeu cargas de cigarros contrabandeados, avaliadas em R$ 5 milhões, e acirra ações ostensivas de combate ao crime na faixa de fronteira.

douradosagora