A polícia resgatou jovem de 19 anos raptada que seria morta pelo ex-marido na tarde desta quarta-feira (8), em Naviraí, a 370 quilômetros da Capital. Conforme apurado pelo TáNaMídia Naviraí, o ex-marido, identificado apenas como Jonatan, de 25 anos, havia dito à vítima que ela não retornaria viva para casa.

Jonatan raptou a ex-mulher quando ela deixou o sobrinho em uma creche. Depois de obrigá-la a entrar no carro, ele seguiu até canavial perto da BR-163. No caminho, a jovem conseguiu avisar a mãe, que comunicou a polícia.

Minutos depois, os policiais encontraram o carro parado em estrada no meio do canavial. Assim que Jonatan viu a polícia, ele fugiu, iniciando perseguição. Em seguida, ele abandonou o veículo com a jovem dentro e desapareceu a pé em meio ao canavial.

Uma faca foi encontrada perto do carro. A arma era usada por Jonatan para ameaçar a vítima. A polícia chamou reforço e fez buscas pelo canavial, mas não encontrou o autor do crime. As diligências pelos locais continuam sendo feitas.

A jovem, que já possuía medidas protetivas de urgência contra o ex-marido, foi encaminhada para a Delegacia da Mulher para prestar depoimento.

midiamax