A polícia de Nova Andradina (MS) divulgou hoje (21) a prisão de três homens acusados de tentativa de roubo e associação criminosa. Adriano Alves da Silva, 23 anos, Paulo Antônio dos Santos Lima, 19, e José Roberto dos Santos Sass, 18, foram presos em flagrante por policiais civis, na tarde da última terça-feira (16), em um posto de combustível localizado no Centro da cidade.

A ação foi organizada pela equipe do Setor de Investigações Gerais (SIG) da 1ª Delegacia de Polícia Civil. Segundo informações policiais, uma pessoa contratou um caminhão-guincho, em Campo Grande, para realizar o transporte de trator em uma fazenda na região. O encontro foi marcado em um posto de combustíveis, na saída para Ivinhema. O motorista da empresa de guinchos, de 35 anos, estacionou o veículo no pátio do posto, quando dois homens chegaram, anunciando o assalto.

A dupla foi surpreendida pela polícia ainda no pátio do posto. Os homens foram presos e encaminhados à sede do SIG, onde, através de mensagens de celular e contato telefônico do indiciado, os agentes descobriram o comparsa. Paulo e Adriano negaram ter contratado o guincho, mas confessaram que foram contratados para roubar o caminhão em Nova Andradina e levar até ao Paraguai. Para isso, os dois disseram que receberiam R$ 5 mil.

A polícia passou então a monitorar o celular de Adriano, com o objetivo de descobrir quem era o mandante do crime. Os policiais trocaram mensagens com uma pessoa de nome “Maicon”, que passava as coordenadas. Logo, “Maicon”, ainda não identificado, entrou em contato, dizendo que, quem os ajudaria era um rapaz que seria o “disciplina da região”, e passou o contato dele. O policial ligou e marcou um encontro na Praça Quenenciano Cecílio de Lima, no Centro da cidade.

Durante a abordagem, José Roberto dos Santos Sass confirmou ser ele o “disciplina da região” e recebeu voz de prisão. O trio foi preso em flagrante, mas a prisão foi convertida em preventiva. Agora, os homens se encontram à disposição da Justiça.

novanews