Pesquisa divulgada nesta terça-feira (24) pela Fecomércio (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Mato Grosso do Sul) mostra que os douradenses devem movimentar pouco mais de R$ 7,3 milhões durante o período da Páscoa. A quantia é R$ 2,1 milhões a mais que no ano passado. No Estado, a expectativa é que o valor gire em torno de R$ 111,9 milhões em 2015.

De acordo com os dados coletados pela federação, na maior cidade do interior de Mato Grosso do Sul, 86% da população economicamente ativa irá às compras e gastará em média, R$ 88 em ovos de chocolate, bombons e outros artefatos de chocolate.

Já em relação ao pescado, produto com aumento de procura nesta época do ano por conta da tradição da igreja católica em não consumir carne vermelha durante determinado período, o douradense gastará em média, R$ 65, totalizando R$ 3,7 milhões no mercado.

Além de Dourados, a pesquisa foi realizada em mais 12 cidades, Aparecida do Taboado, Aquidauana, Anastácio, Campo Grande, Chapadão do Sul, Corumbá, Ladário, Naviraí, Nova Andradina, Ponta Porã, São Gabriel do Oeste e Três Lagoas que, juntas, respondem por 65% do PIB estadual.

“É o momento dos empresários fazerem um aporte para estabilizarem o caixa e novos investimentos no segmento”, sugere o presidente do Sistema Fecomércio MS, Edison Araújo.

dourados news