No inicio da noite de sábado (14), por volta das 18h, a Policia Nacional Paraguaia foi acionada para se deslocar até a Colônia San Alfredo, município de Naranjal, no Paraguai (pouco mais de 70 Km de Foz do Iguaçu) para darem atendimento a um triplo latrocínio (roubo seguido de morte).

No local foi constatada a morte das brasileiras Wali Adiers Jaster, 46 anos, e suas duas filhas Francieli Jaster Adiers, 23 anos, e Andresa Jaster Adiers, de 21 anos.

A primeira vítima Wali (mãe), possuía 16 facadas e teria sido morta em um dos quartos. A filha Francieli, possuía 13 facadas e teria sido morta no corredor, sendo que Andresa recebeu 6 facadas e foi morta no curral da propriedade rural.

No interior de um dos cômodos foi localizada uma criança (filha de Francieli) de 4 anos sem lesões, porém, aparentando estar em estado de choque.

Na residência foi roubado um KIA/Sorento, de cor branca, placas paraguaias CAE-757, de propriedade de uma das vítimas.

As investigações estão a cargo da agente do Ministério Público Paraguaio, Dra. Maria Del Carmen Meza, lotada na cidade de Iruña.

Portal do conesul