Uma fiscalização da Polícia Rodoviária Federal (PRF), na noite de quinta-feira (14), resultou na apreensão de 1.090g da  substância Ergotamine Tartrat, principal matéria prima para a fabricação da droga conhecida como LSD.

Duas mulheres foram presas em flagrante. Segundo a PRF, a substância Ergotamine Tartrat, produzida na República Checa, foi apreendida durante a fiscalização de um ônibus com itinerário de Naviraí/MS a São Paulo/SP. Duas mulheres, ambas moradoras de Guaíra/PR, foram presas em flagrante e encaminhadas à Polícia Federal.

Após processamento em laboratório, 1 Kg da substância Ergotamine Tartrat seria suficiente para a produção de 200g de LSD, que equivalem a quatro milhões de doses.  No varejo, cada dose de LSD pode custar entre R$ 30,00 e 50,00. LSD é uma abreviação usada para Dietilamida do Ácido Lisérgico.

A droga alucinógena é fabricada em laboratório e não possui odor, sabor ou cor. Segundo especialistas pequenas doses de LSD, em torno de 20 a 50 microgramas, produzem alterações mentais, provocando sérias distorções no funcionamento cerebral do usuário, alucinações, além de várias outras reações.

Fonte: Oeste Digital