Foragido da Colônia Penal, Paulo de Oliveira Andrade, de 25 anos, foi localizado pela Guarda Municipal, por volta das 11 horas, neste domingo (25). Os guardas faziam ronda na região da Vila Progresso, em Campo Grande (MS), quando identificaram atitude suspeita por parte do homem.

Ao perceber que seria abordado, o homem teria jogado papelotes de pasta base pela janela do veículo em que estava, segundo a Guarda. O homem apresentou documento de CNH com outro nome, fato que foi descoberto após a própria esposa ter ligado no celular no momento da abordagem.

Os guardas atenderam a chamada da esposa, que se identificou e disse que queria falar com o marido, identificando-o pelo nome verdadeiro. Ao verificar os dados, constatou-se que o homem tratava-se de Paulo de Oliveira – e não Gilson Farias dos Santos, como constatava no documento – havia sido condenado por homicídio e estava foragido da colônia há seis meses, como confirmou o próprio. Antes de fugir, Paulo tinha cumprido seis anos de prisão.

No veículo, os guardas encontraram apenas R$ 165. Após a confirmação de que seria foragido, o homem confessou a fuga, mas negou que estivesse traficando. Com relação à CNH falsa, Paulo afirmou ter pago R$ 650 pela confecção do documento, o que deve ser investigado pela Polícia Civil.

O homem foi encaminhado para a Depac (Departamento de Pronto Atendimento Comunitário) da Piratininga.

Midiamax