Uma lancha avaliada em R$ 110 mil naufragou no Rio Sucuriú, em Três Lagoas (MS), no último domingo (8). As causas do acidente ainda são desconhecidas.

O proprietário da lancha, um médico clínico geral, chegava em um rancho entre as proximidades do Balneário Público Municipal (Rio Sucuriú) e o canal do Rio Paraná, quando por motivos a serem investigados, afundou sua embarcação.

Por sorte, a lancha estava na parte rasa do rio, o que facilitou a saída do piloto e os demais ocupantes. Apesar do susto, ninguém ficou ferido.

As causas do acidente ainda são desconhecidas, mas pessoas ligadas ao ramo de embarcações informaram à reportagem do site TL Notícias que, acidentes como este, podem ocorrer de duas formas. A primeira é que o casco ao bater na parte rasa do rio possa ter tido um dano (rachadura) ou depois de bater em um “toco” possa ter rasgado o material da parte debaixo da embarcação, causando seu naufrágio.

A embarcação que afundou, é uma lancha do modelo Focker 20 pés e está avaliada em R$ 110 mil. Ela deverá ser retirada do local onde afundou ainda esta semana e posteriormente, será levada para uma loja náutica de Três Lagoas (MS).

correio do estado