O secretário de Infraestrutura, Marcelo Miglioli, definiu uma data para a entrega do campus da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS):  dia 30 de junho. Segundo informou em entrevista ontem, o prédio será entregue no fim do semestre, para que a universidade tenha tempo necessário para equipá-lo ainda para a segunda metade deste ano.

O governo do Estado investe R$ 45 milhões na construção da unidade da Capital, que terá quatro blocos. A construção começou em novembro de 2013 e deveria ter sido concluída em dezembro do ano passado. Conforme Miglioli, as obras do campus da UEMS não foram interrompidas justamente para não prejudicar ainda mais os planos de expansão da universidade.

O atraso já gerou um improviso para este primeiro semestre. Os alunos da primeira turma de Medicina da universidade começam as aulas no dia 9 de março e terão aulas nas instalações da Universidade Anhanguera-Uniderp. Não há recursos financeiros envolvidos, somente uma troca de favores. No interior do Estado, a UEMS empresta ou já emprestou parte de sua estrutura à universidade privada, que agora retribuirá. A pesquisa também está envolvida nesta transação, conforme o reitor da universidade estadual, Fábio Edir dos Santos Costa.

Localizado na MS-080, saída para Rochedo, o campus da universidade estadual terá 18 mil metros quadrados de área construída, com cinco blocos de salas de aula, laboratórios, biblioteca, além de um anfiteatro. Estimativas apontam que, depois de pronta, a unidade UEMS na Capital poderá atender cerca de 1,8 mil alunos.

Correio do estado