Diretores de 11 sindicatos estaduais filiados à Federação Sindical dos Servidores Públicos Estaduais e Municipais de Mato Grosso do Sul (Feserp) reuniram-se no final da tarde desta segunda-feira (09) com o governador Reinaldo Azambuja para apresentar a pauta de reivindicações da categoria. No encontro foi definida a criação do Fórum das Entidades Sindicais, no qual terão assento todas as entidades representativas do funcionalismo no Estado.

De acordo com Rudney Vera de Carvalho, presidente da Feserp, algumas questões relevantes para os servidores estaduais foram estabelecidas na reunião, dentre as quais o pagamento dos salários sempre no dia 1º de cada mês e o envolvimento das entidades da categoria nas discussões promovidas pelo governo a respeito da reforma administrativa.

“O Fórum das Entidades Sindicais será instalado ainda neste primeiro semestre, conforme nos garantiu o governador Reinaldo Azambuja, e ainda nesta semana iremos nos reunir com o secretário de Administração Carlos Alberto de Assis para que possamos juntos definir o encaminhamento de questões de interesse do funcionalismo”, informou Rudney Carvalho.

A discussão conjunta a respeito do Plano de Cargos e Carreiras dos servidores é outro tema que constará da pauta de negociações com o governo. “Ficou estabelecido com o governador que cada caso será discutido individualmente pois cada segmento possui suas características próprias”, explicou o presidente da Feserp.

No encontro, Reinaldo Azambuja informou que com base no recadastramento que está sendo realizado o governo pretende estabelecer política de valorização que garanta aos servidores, dentre outros benefícios, plano de acesso à casa própria em condições diferenciadas. “É uma das várias inciiativas que ele disse pretender implantar para valorizar o funcionalismo”, disse Rudney Carvalho.

Além da diretoria da Feserp, participaram da reunião os presidentes do Sinfae, Sinterpa, SPPD, Sindetran, Sindafaz, Sindsad, Sifems, Sindasp, Sinmasul, Sinpap e Sigeasfi, além do Chefe da Casa Civil Sérgio de Paula, do secretário estadual de Governo e Gestão Estratégica Eduardo Riedel, e do secretário de Administração Carlos Alberto Assis.

Correio do estado