A versão topo de linha, chamada de Volcano, com motor turbodiesel de 170 cv e câmbio automático de nove marchas (Foto: Divulgação)

A Fiat Toro segue sua caminhada de sucesso no Brasil. Integrante de um novo segmento, o de picapes intermediárias, composto também pela Renault Oroch, a Toro se mostrava forte de mercado desde o lançamento e agora, em abril, já surge como a segunda picape mais vendida do Brasil, com 3.954 unidades emplacadas.

Esse número só é menor que o da compacta Fiat Strada, que teve 5.427 vendas. O modelo ficou à frente até de outras picapes menores e mais baratas, como a Volkswagen Saveiro, que teve 3.042 entregas. Dentre os veículos maiores, a Toyota Hilux foi a que chegou mais perto, com 2.744 entregas.

A versão de entrada da Toro, chamada de Freedom, com motor 1.8 flexível e câmbio automático de seis marchas, tem preço de R$ 77.800. Já a topo de linha Volcano, que tem propulsor 2.0 turbodiesel de 170 cv e câmbio automático de nove marchas, é vendida por R$ 118.480.