O edifício está totalmente negligenciado e abandonado pelo Estado e apresenta várias falhas na estrutura. O general de División Oscar Pavon revelou que eles estão com um projeto de mudança de local, porém espera aprovação do orçamento.

Teoricamente, a unidade militar está instalada na região de fronteira exclusivamente para segurança nacional do Paraguai, no entanto, não se vê nenhuma presença militar ao longo da fronteira. O mesmo acontece na cidade de Itanará, onde também existe um destacamento militar nas mesmas condições.

InternacionalNews