Além do novo horário de atendimento que teve início nesta segunda-feira (19), o Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) terá novo lugar para a realização das vistorias. A informação foi dada pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB) na tarde desta segunda-feira (19). O órgão agora realiza o serviço de emplacamento até as 17h50.

“Além disso (ampliação do atendimento), estamos estudando fazer a vistoria em outro local, que deve ser na saída de Cuiabá ou de Três Lagoas, para também diminuir as filas de vistorias. São medidas administrativas importantes e que melhora o atendimento à população”, definiu o governador.

A afirmação de Reinaldo foi dada durante uma entrevista coletiva na tarde desta segunda-feira (19), na sede do governo estadual. Segundo o tucano, em dois meses o Detran terá uma novo local de atendimento das vistorias.

O governador não deixou claro quanto custará a Mato Grosso do Sul a ampliação dos horários de atendimento, porém deixou claro que a medida também se estenderá à ampliação do número de servidores. Reinaldo pontou que o governo ainda está realizando alguns estudos para ampliar o número de funcionários que atendem o público com a abertura de concurso.

Novo horário

Depois das reclamações por conta da longa fila para a vistoria anual, o horário do atendimento do Detran-MS, que era das 7h até às 13h30 foi alterado para até às 17h50. Segundo o governador, o primeiro dia de horário estendido apresentou resultados positivos: mais carros foram atendidos e as filas praticamente acabaram. “O Detran atendia 200 carros por dia. Funcionando até às 17h50 atendeu mais veículos, um aumento de 80 a 100 carros”.

Vistoria

No fim de 2014, ainda na gestão de André Puccinelli (PMDB), foi determinado que todos os carros com mais de cinco anos de uso serão obrigados a passar por uma vistoria anual, que custa entre R$ 103 e R$ 120. Essa nova regra seria o motivo de haver tantos carros procurando o Detran-MS para se regularizar, já que o movimento intenso ocorre desde o início da semana.

O Detran-MS afirma que o tamanho da fila foi causado pela falta de estruturação deixada pelo governo passado, já que, atualmente, há apenas 12 servidores que fazem vistorias no órgão.

Datas limites

Os veículos com placas cujos números finais são 1 e 2 têm até o mês de abril para pagar o licenciamento. Já as placas com números finais 3 e 4 têm até maio e as placas finais 5 e 6 tem até junho para se regularizar.

O número 7 em diante acompanha o mês referente, ou seja, final 7 até julho, final 8 até agosto e assim por diante.

midiamax