Japonês é traído pela sua anatomia | Reprodução/YouTube

O japonês Ogita Hiroki sonhava com a final olímpica no salto com vara. Mas o atleta acabou fracassando por causa de um “detalhe”. Um detalhe íntimo.

Como noticiou o jornal português “O jogo”, o nipônico foi traído por sua “masculinidade”:

Japonês toca o sarrafo com o órgão genital Foto: Reprodução / Internet
Japonês toca o sarrafo com o órgão genital Foto: Reprodução / Internet

A prova foi vencida pelo brasileiro Thiago Braz, o que valeu o segundo ouro tupiniquim na Olimpíada e o primeiro topo do pódio olímpico masculino do Brasil no atletismo desde Joaquim Cruz, nos Jogos de Los Angeles-1984.

Assista: