Debilitado politicamente depois do fracasso nas eleições de 2014 para governador de Mato Grosso do Sul, o senador Delcídio do Amaral vê agora o seu grupo montado no PT se desmoronar com a escalada do ex-governador e deputado federal José Orcíriodos Santos para retomar o controle do partido. O ex-governador está hoje ocupando o espaço de Delcídio para se transformar na principal opção do PT na disputa para o Senado, em 2018. Se isto acontecer, Delcídio não terá apoio do partido para concorrer à reeleição.

O senador está perdendo espaço no PT com a derrota para Reinaldo Azambuja (PSDB) na disputa pelo governo estadual. Na avaliação de líderes petistas, Delcídio é o maior responsável pelo fracasso nas urnas. O descaso com aliados, o fato de esconder as cores, símbolo e bandeira do PT, ignorar os avanços sociais do governo de Luiz Inácio Lula da Silva e da Dilma Rousseff contribuíram, na opinião de José Orcírio, para derrubar o favoritismo de Delcídio. Na campanha, o senador mostrou ter vergonha do PT.

Diante do fracasso e isolamento de Delcídio no partido, abriu-se o caminho para José Orcírio pavimentar o seu projeto político-eleitoral. A ideia dele, segundo alguns petistas, é concorrer ao Senado em 2018 no lugar de Delcídio.

correio do estado