Dois caçadores, de 24 e 28 anos, foram presos e autuados em R$ 30 mil nesta terça-feira (17) por abaterem animais silvestres em Selvíria, distante 402 quilômetros de Campo Grande. De acordo com a Polícia Militar Ambiental (PMA), os suspeitos foram presos durante uma abordagem, quando policiais encontraram dois tatus e um jacaré no veículo dos suspeitos.

A PMA informou que os animais foram abatidos às margens do rio Paraná e que cada um deverá pagar uma multa de R$ 15 mil. A corporação ainda disse que os animais estão na lista internacional de espécies da fauna em risco de extinção.

Os suspeitos ainda vão responder por crime ambiental, com pena prevista de seis meses a um ano de detenção.

G1 MS