Dos 590 atletas brasileiros selecionados para os Jogos Panamericanos de Toronto, (Canadá), dois sulmatogrossenses figuram entre os mais cotados para subir ao pódium no Canadá. Os nadadores Lucas Kanieski, 25, de Dourados, e o campo-grandense Léo de Deus, 24, possuem marcas nacionais e internacionais que os credenciam a concorrer ao ouro.

Em 2011, no Pan de Guadalajara, Lucas faturou a prata no revezamento dos 200 metros livres. Léo conquistou ouro nos 200 metros borboleta e prata no revezamento dos 200 metros livres. Ambos chegam à competição elogiados pelos grandes nadadores do País e são vistos com respeito pelos principais adversários, especialmente dos EUA, Canadá e Cuba.

Outro atleta de Mato Grosso do Sul que pretende destacar-se na competição é João Marcelo Gaspar, o “Canibal”. Com 23 anos e natural de Sete Quedas – cidade na fronteira com o Paraguai -, Canibal tem um cartel internacional respeitadíssimo no ciclismo de estrada. Sua mais recente temporada foi na Europa, a convite da Confederação Internacional de Ciclismo. Em pistas europeias ele integrou uma das melhores equipes do mundo, a do MovStar Team Ecuador.

Colecionador de grandes conquistas, Canibal firmou-se entre os nomes de referência da modalidade no planeta. Seus feitos incluem o título de campeão brasileiro Sub-23 em 2013; campeão de Montanha e Sub23 e 2º na geral do Tour do Rio, no mesmo ano. Em 2013 foi outra vez campeão de Montanha e Sub23 do Desafio das Américas, além de ficar em terceiro na classificação na geral dessa prova. Em 2014, o atleta repetiu a grande temporada de 2013 e foi campeão de Montanha e Sub23 da Volta de São Paulo.

Parapan

Nos Jogos Parapanamericanos de Toronto Mato Grosso do Sul também contribui com a projeção de medalhas para o Brasil. Com dez paratletas e um técnico de atletismo, judô e futebol de 7, o Estado compõe a delegação brasileira que vai disputar em Toronto, de 7 a 15 agosto.

msnoticias