Em duas ocorrências distintas atendidas na tarde e noite dessa segunda-feira, 9 de março, a Polícia Militar realizou a apreensão de mais de 650 quilos de maconha e prendeu em flagrante duas pessoas por tráfico de drogas, em Amambai.

A primeira prisão aconteceu quando uma equipe de policiais militares lotados na 3ª Companhia Independente com sede em Amambai realizava patrulhamento preventivo e abordou para averiguação, um veículo Honda City cor prata, placas FDT 4717 de São Paulo-SP e em vistoria no interior do carro encontrou 640 quilos de maconha.

A droga divida em tabletes, estava sobre o banco traseiro e no porta-malas do Honda City, segundo a Polícia Militar.

Ainda de acordo com a PM, ao receber voz de prisão o condutor do veículo, Leonardo Siqueira Martins, de 31 anos, teria relatado que havia sido contratado no final de semana por um indivíduo desconhecido durante um evento que acontecia no Clube do Laço, em Coronel Sapucaia e receberia R$ 5 mil reais para levar o carro com a droga até a cidade de Dourados.

Segundo a Polícia Militar, o motorista teria relatado também que havia pegado o veículo com o entorpecente nas proximidades do Terminal Rodoviário de Amambai momentos antes de ser abordado.

De acordo com a polícia, durante checagem descobriu-se que o Honda City havia sido roubado no estado de São Paulo e na hora da abordagem estava com placas frias.

Outra prisão

A outra prisão por trafico registrada pela Polícia Militar nessa segunda-feira (9) em Amambai ocorreu no período noturno no Terminal Rodoviário da cidade.

De acordo com a PM, durante ronda pelo local os policiais desconfiaram da atitude de Joadson Xavier Gomes de Souza, de 18 anos, morador na cidade de Dourados que aparentava nervosismo e em vistoria na mochila pertencente ao rapaz, os policiais encontraram doze quilos de maconha em tabletes.

Ao ser indagado, Joadson teria usado a mesma artimanha que os demais traficantes usam quando percebem que a “casa caiu”, ou seja, ele teria relatado que havia sido contratado por uma “pessoa desconhecida” e receberia R$ 1,5 mil reais para levar a maconha de Coronel Sapucaia, na fronteira com o Paraguai, até Dourados, cidade onde reside.

Os dois acusados foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Amambai onde foram autuados em flagrante.

Segundo a polícia, o douradense foi autuado por tráfico de drogas e Leonardo Siqueira que conduzia o Honda City roubado, além de tráfico, também vai responder pelo crime de receptação.

Agazetanews