Amambai (MS) – Oferecer oportunidades de negócios para o produtor rural é o principal objetivo do Feirão de Máquinas Agrícolas que neste ano está em sua segunda edição e acontece neste sábado, dia 11, no Parque de Exposições de Amambai, no horário das 8 às 17 horas.

O evento está sendo promovido pela agência de Amambai do Banco do Brasil com as empresas expositoras Agropeças, Rural Center, Tratornam, C.Vale, Equagril, New Holland/Equipamentos Agrícolas, Ciarama Máquinas, Mac Tratores, Coamo, Case Agriculture e Shark Tratores e Peças.

Trata-se de um evento comercial destinado aos produtores rurais e demais interessados de toda a região, onde será disponibilizado o que há de mais moderno em máquinas e equipamentos agrícolas no Brasil.

Na ocasião, funcionários do Banco do Brasil estarão presentes oferecendo o suporte financeiro e tratamento diferenciado às propostas de negócios originadas durante o feirão.

Para o gerente da agência do Banco do Brasil de Amambai, André Risseto, o feirão é uma oportunidade que está sendo oferecida para fomentar a cadeia produtiva do agronegócio e que a intenção é torná-lo um evento anual no município.

Ele afirma que são esperados visitantes de toda a região do Cone Sul. O evento proporcionará aos produtores rurais acesso ao que há de mais moderno no setor do maquinário agrícola.

“Nossa meta é superar os volumes do ano passado que movimentou cerca de 20 milhões em negócios ”, destaca André.

1ª edição do Feirão

O sucesso da 1ª edição do Feirão de Máquinas Agrícolas incentivou a realização do evento neste ano. Em 2014, a iniciativa movimentou cerca de R$ 20 milhões. Produtores rurais e comerciantes aprovaram o Feirão.

O produtor rural, Valdi Brauks, avaliou como positiva a parceria realizada entre revendedoras e o Banco do Brasil. “É uma oportunidade para o produtor renovar seu maquinário, conhecer novos equipamentos e também se beneficiar das linhas de créditos oferecidas pelo Banco do Brasil; é interessante criar este elo de ligação”, destaca Valdi.

A opinião é compartilhada por Walter Otãno, também produtor rural. “A iniciativa desperta no produtor rural a necessidade de acompanhar o desenvolvimento de novas tecnologias, que estão sendo desenvolvidas para o setor”, fala Valter.

amambai notícias